Quando as meninas são chamadas de gordas

A dificuldade em aceitar o próprio corpo quando o mundo diz o contrário

“Esta imagem é muito forte para mim. Quando eu era pequena, eu era gordinha, as pessoas faziam piada, e eu me lembro de fazer de conta que meus dedos eram tesouras e brincava como se pudesse cortar a minha gordura.

Na verdade, eu nem sabia o que era gordura ou que havia algo “errado” comigo até que as outras crianças começaram a me falar. Alguns dias eu ficava realmente com medo de ir à escola. Tentava me distrair estudando mais.

Lá pelo 7º ano, eu comecei a ficar mais alta e mais magra e quando me mudei para uma nova escola o bullying parou.

Esta noção de que “mais magra é melhor” e que “gordura é ruim” fica impregnada na cabeça das crianças desde cedo… pode ser pela mensagem subliminar da mídia ou talvez por ouvir tantas pessoas próximas reclamando sobre seus corpos. Por isso, é difícil de aceitar seu corpo quando todo mundo diz o contrário. A insatisfação com o corpo começa a tomar conta da sua vida e você se torna obcecada em mudá-lo. E sabe de uma coisa? Algumas meninas não sabem como. É aí que começam os hábitos perigosos.

“Mais de 80% das meninas de 10 anos têm medo de ser gorda. Perto dos 11 anos, 40-70% cento das meninas estão insatisfeitas com duas ou mais partes do seus corpos, e a insatisfação com o corpo atinge o fundo do poço entre as idades de 12 e 15. “(NYC.gov)

Então, e o que eu acho do meu corpo agora que eu sou uma professora de ginástica?

Há dias em que eu adoro meu corpo e há dias em que não, como qualquer outra garota.

Eu sei que ao final do dia, eu sou mais do que apenas a minha aparência física. Meu corpo detém meus talentos, meus sonhos e minha unidade. Ele não me define. Então, não deixe que seu corpo te defina. Vamos ensinar isso aos nossos meninas e meninos.

Eles não precisam ouvir que algo está errado com o seus corpos, porque simplesmente não está. Eles só precisam saber que podem ser felizes e trabalhar para alcançar seus sonhos, sejam eles quais forem.

A mudança começa com esta geração, agora.”

Texto: Cassey Ho

Compartilhar
10 motivos para experimentar o coletor menstrual

Comente

A

Recomendado para mulheres com mais de 30 anos ou que já têm filhos.

Eu quero

B

Recomendado para mulheres com menos de 30 anos ou que não têm filhos.

Eu quero