Poderosa e desconhecida

Muitas descobertas feitas e muitas ainda por fazer

Quanto mais a gente sabe sobre um assunto, melhor é. Principalmente se o “assunto” é algo com o qual convivemos diariamente e desde sempre, já que está em nosso corpo. Muitos usam apelidos para se referir a ela, e outros tantos (e tantas também!) não gostam de falar do assunto e não a encaram de frente. A própria ciência é atrasada em relação à pesquisas sobre ela! É hora de falar e descobrir. Vamos contar para vocês, então, 6 curiosidades sobre a vagina, já que, mesmo passando a vida toda juntas com ela, os tabus que costumamos ouvir desde crianças muitas vezes nos atrapalham de a conhecer intimamente. Vamos lá!

1- Poderosa, flexível e maleável.

Sim, os músculos da sua vagina são incrivelmente flexíveis. Mesmo que tenha filhos através de parto normal, eles retomarão, depois de algum tempo, ao seu formato anterior. Os exercícios pélvicos ajudam a manter a flexibilidade da musculatura. Existe um mito de que absorventes internos ou coletores menstruais deixam a musculatura flácida. Mentira! Pode usar sem medo. Sua vagina é preparada para flexibilizações musculares. Em média, da vulva ao colo do útero, a vagina tem cerca de 8cm, e esse número aumenta quando ela está excitada, podendo dobrar de tamanho.

2- Ela tem algo especial!

O clitóris é um órgão que tem como função exclusiva dar prazer! Apesar de os estudos sobre a vagina serem muito tardios, sobretudo em função dos tabus que existem sobre ela, sabe-se que esse órgão trabalha em função do bem estar vaginal, contribuindo com a lubrificação, por exemplo, e evitando dores e machucados durante a relação sexual.

3- O cheiro que ela tem…

Os tabus não acabam… o cheiro da vagina é um outro! Vagina não tem cheiro de peixe, de ovo ou qualquer outro cheiro do qual se ouve falar de maneira depreciativa por aí, a menos que exista uma doença, como uma infecção por exemplo. Normalmente, o cheiro da vagina está ligado à alimentação, ou seja, se alimentar bem equilibra o ph vaginal e evita odores que podem ser desagradáveis. Se a flora vaginal estiver equilibrada, está tudo certo.

4-  Terminações nervosas

O nosso órgão genital possui aproximadamente 8.000 terminações nervosas, por isso é uma área muito sensível.

5-  Não precisa de ajuda artificial

Geralmente a vagina consegue se virar sozinha: ela tem lubrificação natural e é auto-limpante. Isso significa que você pode aposentar todos aqueles sabonetes íntimos e cremes artificiais que usa para mascarar o cheiro natural da vagina, por exemplo.

6- Não precisa ser igual a de ninguém

A parte externa da vagina varia muito de uma pra outra (há quem diga que não existem duas iguais!). Por isso, não se prenda à questão estética vaginal. Os grande lábios não precisam ser do mesmo tamanho, não precisam ter o mesmo formato ou cor, assim como o tamanho da vulva, sua altura, por exemplo. Sua vagina é especial, porque é a sua.

Compartilhar
10 motivos para experimentar o coletor menstrual

Comente

A

Recomendado para mulheres com mais de 30 anos ou que já têm filhos.

Eu quero

B

Recomendado para mulheres com menos de 30 anos ou que não têm filhos.

Eu quero