Lixo sem fim

Sobre o acúmulo de lixo em nosso dia a dia e como precisamos reduzir para colaborar

Hoje falaremos sobre aquilo que não precisamos mais, porém precisamos estar cientes: O lixo, embora seja um descarte, ainda é de nossa responsabilidade, mesmo depois que sai de nossas casas. Sabe porque? Se cada pessoa produz um pouco mais de 1kg/dia de lixo, isso significa que em um ano, somos responsáveis por acumular quase meia tonelada de lixo. Parece muito? A gente não repara que descartando um canudo de plástico, papéis higiênicos, absorventes menstruais, guardanapos, embalagens e pequenas coisas que usamos no dia a dia, somos grandes máquinas produtoras de lixo.

Do ponto de vista do planeta, não existe lixo, já que nada é “jogado fora”. Não existe jogar fora! Por mais que isso pareça assustador, nós não conseguimos nos desfazer de nada, pelo contrário, quando descartamos o lixo só estamos tirando de nossas frentes, mas ele ainda existe e seguirá existindo por muitos anos. É uma realidade muito triste. Nós ainda não sabemos o que fazer com o lixo.

Todo esse material que descartamos vai se amontoando no universo e toma proporções cada vez mais catastróficas. Então, vamos aos dados: No Brasil, em 1982 cada brasileiro jogava fora meio quilo de lixo por dia. Em 2012 o número dobrou.  Ainda assim perdemos para o Japão, onde cada pessoa produz 2kg por dia de lixo! Ou seja, 1 tonelada de lixo por habitante em um ano.

Sim, é muito difícil viver sem produzir lixo. Nosso estilo de vida nos faz acreditar que quando mais descartável é algo, mais limpo. O que é uma grande mentira.

O que podemos fazer?

Já que é impossível não produzir lixo, podemos colaborar com atitudes simples, diminuindo o consumoe optando pelo uso de materiais permanentes ou duráveis ao invés dos descartáveis. Copos não descartáveis, produtos de higiene reutilizáveis, talheres não descartáveis, embalagens mais conscientes (pelo menos reciclável!). Uma preocupação pequena, se unida a outras preocupações pequenas, pode tomar grandes proporções, colaborando por um mundo mais limpo e com menos acúmulo de lixo.

 

Compartilhar
10 motivos para experimentar o coletor menstrual

Comente

A

Recomendado para mulheres com mais de 30 anos ou que já têm filhos.

Eu quero

B

Recomendado para mulheres com menos de 30 anos ou que não têm filhos.

Eu quero